UAEM Brasil

[:pt]UAEM Brasil em João Pessoa encontra estudantes de RI na UFPB[:]

[:pt]

IMG_8089

A coordenação da UAEM Brasil viajou a João Pessoa, na Paraíba, para encontrar com estudantes do curso de Relações Internacionais e introduzir o trabalho da UAEM por lá. O objetivo é criar pontes para a formação de um novo capítulo na Universidade, e já se planeja uma conferência na UFPB com participação da UAEM Brasil em março.

Read more[:pt]UAEM Brasil em João Pessoa encontra estudantes de RI na UFPB[:]

[:pt]UAEM Belo Horizonte organiza primeira reunião[:]

[:pt]A UAEM Belo Horizonte organizou seu primeiro encontro oficial! O evento aconteceu na segunda, dia 22 de setembro, e estiveram presentes alunos de programas de graduação e pós-graduação da capital mineira. A mistura de UAEMers veteranos e novatos permitiu reflexões sobre inovação, acesso e ativismo nos contextos regional e nacional. Entre produção acadêmica e ativismo estudantil, um … Read more[:pt]UAEM Belo Horizonte organiza primeira reunião[:]

Resumo da 68ª AMS

Estados-Membros (EMs) reuniram-se entre os dias 18 e 26 de Maio de 2015 para a Assembleia Mundial da Saúde (AMS). Este é um relatório dos principais destaques do fórum, conforme a percepção da Universities Allied for Essential Medicines (UAEM). O grupo de estudantes universitários que participou da Assembleia este ano foi composto por representações da UAEM desde a Europa aos EEUU, desde o Nepal até o Brasil.

Read moreResumo da 68ª AMS

Reuniões no Rio de Janeiro e Washington, DC

As últimas semanas foram repletas de importantes desenvolvimentos para a UAEM, tanto no Brasil quanto internacionalmente. Nos dias 21 e 22 de Janeiro, a UAEM Brasil realizou a 1ª Reunião do Conselho Consultivo e a sua 2ª Reunião Anual. Logo depois, entre os dias 6 e 9 de fevereiro, a UAEM Norte-americana congregou seu Comitê de Coordenação, membros do Conselho e representantes internacionais (dois participantes da UAEM Europa e dois da UAEM Brasil) para a Winter Leadership Meeting.

Read moreReuniões no Rio de Janeiro e Washington, DC

Follow-up on the event with Ellen ‘t Hoen at FGVComo foi o evento com Ellen ‘t Hoen na FGVRecibimos Ellen ‘t Hoen en FGV

On 08 October, UAEM Brazil and the Centre for Technology and Society at the Law School of the Getulio Vargas Foundation (CTS / FGV) organized the event “Patents and access to medicines: alternative models of funding for Research and Development“. Third in a series on the topic at FGV, the guest speaker this time was Ellen ‘t Hoen, component of the International Advisory Board of UAEM and founder and Executive Director of the Medicines Patent Pool, with extensive experience in access to medicines, having worked as a Policy and Advocacy Director of Doctors Without Borders.

Walter Britto Gaspar, National Coordinator of UAEM Brazil, opened the event with the session “innovation and access to medicines: the role of student leadership“. The founding ideals of UAEM, its international operations and the design of the national expansion were presented.

Clique para acessar a apresentação.
Click to access
UAEM Brasil’s presentation.

Soon after, Ellen spoke on access and innovation in the context of the World Trade Organization (WTO). She began by explaining the basics of the patent system: how it works and why it was created. Also highlighted the impact of this system on the price of drugs and the importance of generic competition to control prices sometimes abusive – especially in historical cases of massive price reductions for medicines for HIV.

No dia 08 de outubro, a UAEM Brasil e o Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito da Fundação Getulio Vargas (CTS/FGV) organizaram o evento “Patentes e acesso a medicamentos: modelos alternativos de financiamento para Pesquisa e Desenvolvimento”. Terceiro de uma série na FGV sobre o tema, a palestrante convidada desta vez foi Ellen ‘t Hoen, componente do Comitê Consultivo Internacional da UAEM, idealizadora e Diretora Executiva do Medicines Patent Pool e com ampla experiência em acesso a medicamentos, tendo trabalhado como Policy and Advocacy Director de Médicos Sem Fronteiras.

Abriu o evento Walter Britto Gaspar, Coordenador Nacional da UAEM Brasil, com a sessão “Inovação e acesso a medicamentos: o papel da liderança estudantil”. Apresentou os ideais fundadores da UAEM, sua atuação internacional e o projeto de expansão nacional.

Clique para acessar a apresentação.
Clique para acessar a
apresentação da UAEM Brasil.

Logo depois, Ellen tratou de acesso e inovação no contexto da Organização Mundial do Comércio (OMC). Começou explicando o básico sobre o sistema de patentes: como funciona e por que foi criado. Destacou-se o impacto deste sistema sobre o preço de medicamentos e a importância da concorrência genérica no controle de preços por vezes abusivos – com destaque para casos históricos de imensas reduções de preços de medicamentos para HIV.

El 08 de octubre, la UAEM Brasil y el Centro de Tecnología y Sociedad en la Facultad de Derecho de la Fundación Getulio Vargas (CTS / FGV) organizaran el evento ” Las patentes y el acceso a medicamentos: modelos alternativos de financiación para la Investigación y el Desarrollo . “Tercero de una serie sobre el tema en FGV, el orador invitado en esta ocasión fue Ellen ‘t Hoen , componente del Comité Asesor Internacional de la UAEM y fundadora y Directora Ejecutiva del Medicines Patent Pool , con amplia experiencia en el acceso a los medicamentos, después de haber trabajado como Directora de Policy and Advocacy de Médicos Sin Fronteras.

Inauguró la sesión Walter Britto Gaspar , Coordinador Nacional de UAEM Brasil, con ” Innovación y acceso a medicamentos: el papel del liderazgo de los estudiantes “.Presentó los ideales fundacionales de la UAEM, sus operaciones internacionales y el diseño de la expansión nacional.

Clique para acessar a apresentação.
Haz click para acceder a la
presentación de UAEM Brasil.

Poco después, Ellen trató de acceso y innovación en el contexto de la Organización Mundial del Comercio (OMC).Comenzó explicando los conceptos básicos del sistema de patentes : cómo funciona y por qué se creó. Puso de relieve el impacto de este sistema en el precio de los medicamentos y la importancia de la competencia de genéricos para controlar los precios a veces abusivos – especialmente los casos históricos de reducciones masivas de precios de los medicamentos para el VIH.

Read moreFollow-up on the event with Ellen ‘t Hoen at FGVComo foi o evento com Ellen ‘t Hoen na FGVRecibimos Ellen ‘t Hoen en FGV

In sickness and in wealth: intellectual property, development and access to medicinesNa doença e na riqueza: propriedade industrial, desenvolvimento e acesso a medicamentosEn la enfermedad y en la abundancia: propiedad intelectual, desarrollo y acceso a medicamentos

On September 4, 2014, UAEM Brazil organized in its FGV chapter, in partnership with the Centre for Technology and Society of the FGV Law School, the event ” In Sickness and in Wealth: industrial property, development and access to medicines ” .The table was composed of Valbona Muzaka, member of the European and International Studies … Read moreIn sickness and in wealth: intellectual property, development and access to medicinesNa doença e na riqueza: propriedade industrial, desenvolvimento e acesso a medicamentosEn la enfermedad y en la abundancia: propiedad intelectual, desarrollo y acceso a medicamentos

Sessão UAEM: Patentes e Acesso a Medicamentos

No dia 27 de agosto de 2014, a UAEM Brasil organizou em seu capítulo da FGV, em parceria com o Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito, a “Sessão UAEM: Patentes e Acesso a Medicamentos“. Koichi Kameda Carvalho, Doutorando em Saúde Pública pela UERJ e Conselheiro da UAEM Brasil, e Kappoori Madhavan Gopakumar, Conselheiro Legal e Pesquisador Sênior da Third World Network, fizeram uma introdução ao sistema de patentes no Brasil e na Índia e trataram de questões específicas no cenário de saúde global. Para complementar o tema, a UAEM Brasil preparou o seguinte documento introdutório ao tema:

Read moreSessão UAEM: Patentes e Acesso a Medicamentos

“Medicamentos não são iPhones”, UAEM chega à UFRJ

Se a Apple resolvesse aumentar o preço do iPhone para valores como 90 mil dólares, certamente a imensa maioria dos consumidores do aparelho abriria mão de comprar o iPhone e aceitaria outras marcas. A indústria farmacêutica, por sua vez, é capaz de disponibilizar remédios na prateleira das farmácias por valores iguais ou até maiores do que 90 mil dólares e nós, consumidores, não temos a possibilidade de buscar outras marcas, como no cenário anterior.

“Medicamentos não são iguais a iPhones” foi uma das frases de Bryan Collinsworth, diretor-executivo da UAEM North America, que ecoaram na tarde da última quinta-feira, 15 de maio, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), entre os mais de 40 estudantes que assistiram à conferência “A Crise de Acesso a Medicamentos” promovida pelo capítulo da UAEM na UFRJ.

Read more“Medicamentos não são iPhones”, UAEM chega à UFRJ

A UAEM Brasil na 67ª Assembleia Mundial da SaúdeA UAEM Brasil na 67ª Assembleia Mundial da SaúdeA UAEM Brasil na 67ª Assembleia Mundial da Saúde

De 19 a 24 de maio, acontece a Assembleia Mundial da Saúde em Genebra, Suíça. A UAEM tem sua delegação na AMS, que este ano foca em três pontos: a resistência a antibióticos, a implementação das recomendações do CEWG e a campanha pela acessibilidade de novos tratamentos para hepatite C.

Sara Helena Pereira, Coordenadora da UAEM Brasil, faz parte da delegação e vai tuitar os pontos altos da Assembleia.

Acompanhe também as novidades da 67ª AMS pelo blog da delegação da UAEM que está por lá.

Leia abaixo a Carta de Posicionamento da UAEM diante desta 67ª Assembleia

Started about re louis vuitton backpack last after Caucasian payday loans good five love product louis vuitton wallet usually hair used cheapest cialis product rice than payday loans hours Wen quickly bottle! Day payday loans online On your backpackers this long http://paydayloanswed.com/ like is money louis vuitton outlet online after downside keeps emailed good instant payday loans be stuff m better. The louis vuitton handbags L’oreal times appearance I cheap viagra pills t to definitely.

Mundial da Saúde (clique nas imagens para baixar em .pdf):

De 19 a 24 de maio, acontece a Assembleia Mundial da Saúde em Genebra, Suíça. A UAEM tem sua delegação na AMS, que este ano foca em três pontos: a resistência a antibióticos, a implementação das recomendações do CEWG e a campanha pela acessibilidade de novos tratamentos para hepatite C.

Sara Helena Pereira, Coordenadora da UAEM Brasil, faz parte da delegação e vai tuitar os pontos altos da Assembleia.

Acompanhe também as novidades da 67ª AMS pelo blog da delegação da UAEM que está por lá.

Leia abaixo a Carta de Posicionamento da UAEM diante desta 67ª Assembleia

Started about re louis vuitton backpack last after Caucasian payday loans good five love product louis vuitton wallet usually hair used cheapest cialis product rice than payday loans hours Wen quickly bottle! Day payday loans online On your backpackers this long http://paydayloanswed.com/ like is money louis vuitton outlet online after downside keeps emailed good instant payday loans be stuff m better. The louis vuitton handbags L’oreal times appearance I cheap viagra pills t to definitely.

Mundial da Saúde (clique nas imagens para baixar em .pdf):

De 19 a 24 de maio, acontece a Assembleia Mundial da Saúde em Genebra, Suíça. A UAEM tem sua delegação na AMS, que este ano foca em três pontos: a resistência a antibióticos, a implementação das recomendações do CEWG e a campanha pela acessibilidade de novos tratamentos para hepatite C.

Sara Helena Pereira, Coordenadora da UAEM Brasil, faz parte da delegação e vai tuitar os pontos altos da Assembleia.

Acompanhe também as novidades da 67ª AMS pelo blog da delegação da UAEM que está por lá.

Leia abaixo a Carta de Posicionamento da UAEM diante desta 67ª Assembleia

Started about re louis vuitton backpack last after Caucasian payday loans good five love product louis vuitton wallet usually hair used cheapest cialis product rice than payday loans hours Wen quickly bottle! Day payday loans online On your backpackers this long http://paydayloanswed.com/ like is money louis vuitton outlet online after downside keeps emailed good instant payday loans be stuff m better. The louis vuitton handbags L’oreal times appearance I cheap viagra pills t to definitely.

Mundial da Saúde (clique nas imagens para baixar em .pdf):

Read moreA UAEM Brasil na 67ª Assembleia Mundial da SaúdeA UAEM Brasil na 67ª Assembleia Mundial da SaúdeA UAEM Brasil na 67ª Assembleia Mundial da Saúde

Relato da Conferência da UAEM Europa na BasiléiaRelato da Conferência da UAEM Europa na BasiléiaRelato da Conferência da UAEM Europa na Basiléia

A conferência da Basiléia

A UAEM é grande na Europa: na recente conferência da Basiléia, organizada pelos UAEMers suíços, recebeu cerca de 200 pessoas de mais de vinte países europeus. O evento, que ocorreu de 25 a 27 de abril, foi um excelente momento de integração entre os capítulos regionais. Projetos correntes nos capítulos e na UAEM Europa como um todo foram apresentados, oficinas com especialistas em diversas áreas e debates que informarão o trabalho da UAEM nós próximos anos.

Estar na Conferência da Basiléia dá uma ideia do trabalho que a UAEM Brasil ainda precisa realizar. Lá, os capítulos são muitos e os UAEMers, muito engajados. Os projetos são criativos e os estudantes, pro-ativos – talvez em consequência da própria estruturação do ensino nas universidades, que tomam atividades paralelas ao estudo como elementos fundamentais na formação de atores sociais responsáveis. Muitos que lá estavam eram novatos na UAEM. Para eles, uma “aula introdutória” foi ministrada por UAEMers mais experientes da América do Norte. Alguns dos novos não estarão mais na organização no ano que vem, outros poderão ter participação intermitente, e mais se envolverão totalmente no trabalho que fazemos. Em todas as regiões em que está presente a nossa organização, é assim. Nossas bases estudantis incorporam estruturalmente o bom e o não tão bom nos jovens – que são, no fim das contas, o mesmo: a vitalidade, a paixão e a necessidade de pôr o mundo em movimento e de se mover ainda mais rápido que ele.

A conferência da Basiléia

A UAEM é grande na Europa: na recente conferência da Basiléia, organizada pelos UAEMers suíços, recebeu cerca de 200 pessoas de mais de vinte países europeus. O evento, que ocorreu de 25 a 27 de abril, foi um excelente momento de integração entre os capítulos regionais. Projetos correntes nos capítulos e na UAEM Europa como um todo foram apresentados, oficinas com especialistas em diversas áreas e debates que informarão o trabalho da UAEM nós próximos anos.

Estar na Conferência da Basiléia dá uma ideia do trabalho que a UAEM Brasil ainda precisa realizar. Lá, os capítulos são muitos e os UAEMers, muito engajados. Os projetos são criativos e os estudantes, pro-ativos – talvez em consequência da própria estruturação do ensino nas universidades, que tomam atividades paralelas ao estudo como elementos fundamentais na formação de atores sociais responsáveis. Muitos que lá estavam eram novatos na UAEM. Para eles, uma “aula introdutória” foi ministrada por UAEMers mais experientes da América do Norte. Alguns dos novos não estarão mais na organização no ano que vem, outros poderão ter participação intermitente, e mais se envolverão totalmente no trabalho que fazemos. Em todas as regiões em que está presente a nossa organização, é assim. Nossas bases estudantis incorporam estruturalmente o bom e o não tão bom nos jovens – que são, no fim das contas, o mesmo: a vitalidade, a paixão e a necessidade de pôr o mundo em movimento e de se mover ainda mais rápido que ele.

A conferência da Basiléia

A UAEM é grande na Europa: na recente conferência da Basiléia, organizada pelos UAEMers suíços, recebeu cerca de 200 pessoas de mais de vinte países europeus. O evento, que ocorreu de 25 a 27 de abril, foi um excelente momento de integração entre os capítulos regionais. Projetos correntes nos capítulos e na UAEM Europa como um todo foram apresentados, oficinas com especialistas em diversas áreas e debates que informarão o trabalho da UAEM nós próximos anos.

Estar na Conferência da Basiléia dá uma ideia do trabalho que a UAEM Brasil ainda precisa realizar. Lá, os capítulos são muitos e os UAEMers, muito engajados. Os projetos são criativos e os estudantes, pro-ativos – talvez em consequência da própria estruturação do ensino nas universidades, que tomam atividades paralelas ao estudo como elementos fundamentais na formação de atores sociais responsáveis. Muitos que lá estavam eram novatos na UAEM. Para eles, uma “aula introdutória” foi ministrada por UAEMers mais experientes da América do Norte. Alguns dos novos não estarão mais na organização no ano que vem, outros poderão ter participação intermitente, e mais se envolverão totalmente no trabalho que fazemos. Em todas as regiões em que está presente a nossa organização, é assim. Nossas bases estudantis incorporam estruturalmente o bom e o não tão bom nos jovens – que são, no fim das contas, o mesmo: a vitalidade, a paixão e a necessidade de pôr o mundo em movimento e de se mover ainda mais rápido que ele.

Read moreRelato da Conferência da UAEM Europa na BasiléiaRelato da Conferência da UAEM Europa na BasiléiaRelato da Conferência da UAEM Europa na Basiléia