UAEM Brasil

[:pt]Relato do seminário realizado na Paraíba, parte 2 de 2[:]

[:pt]Não leu a primeira parte? Está aqui.

No segundo dia do seminário tivemos discussões focadas no ativismo global e no programa das Nações Unidas para o desenvolvimento.

Abrindo o segundo e último dia, Sara, coordenadora nacional da UAEM Brasil, palestrou sobre “UAEM, ativismo e a mudança das estruturas de inovação“. Após apresentar a UAEM aos participantes mostrou como são feitas algumas das ações e como cada unidade busca sua autonomia diante daquilo que vigora no país de atuação.

Read more[:pt]Relato do seminário realizado na Paraíba, parte 2 de 2[:]

[:pt]Relato do seminário realizado na Paraíba, parte 1 de 2[:]

[:pt]

Nos dias 15 e 16 do mês de março, a UAEM Brasil em parceria com o Observatório ODS da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) promoveu seminário voltado para a saúde global e suas tecnologias.

Abordamos temas como Inovação farmacêutica, desafios para a prevenção do HIV, propriedade intelectual, saúde nos objetivos de desenvolvimento sustentável, ativismo e a mudança das estruturas de inovação.

Read more[:pt]Relato do seminário realizado na Paraíba, parte 1 de 2[:]

[:pt]UAEM Brasil em João Pessoa encontra estudantes de RI na UFPB[:]

[:pt]

IMG_8089

A coordenação da UAEM Brasil viajou a João Pessoa, na Paraíba, para encontrar com estudantes do curso de Relações Internacionais e introduzir o trabalho da UAEM por lá. O objetivo é criar pontes para a formação de um novo capítulo na Universidade, e já se planeja uma conferência na UFPB com participação da UAEM Brasil em março.

Read more[:pt]UAEM Brasil em João Pessoa encontra estudantes de RI na UFPB[:]

Resumo da 68ª AMS

Estados-Membros (EMs) reuniram-se entre os dias 18 e 26 de Maio de 2015 para a Assembleia Mundial da Saúde (AMS). Este é um relatório dos principais destaques do fórum, conforme a percepção da Universities Allied for Essential Medicines (UAEM). O grupo de estudantes universitários que participou da Assembleia este ano foi composto por representações da UAEM desde a Europa aos EEUU, desde o Nepal até o Brasil.

Read moreResumo da 68ª AMS

A UAEM Brasil na 67ª Assembleia Mundial da SaúdeA UAEM Brasil na 67ª Assembleia Mundial da SaúdeA UAEM Brasil na 67ª Assembleia Mundial da Saúde

De 19 a 24 de maio, acontece a Assembleia Mundial da Saúde em Genebra, Suíça. A UAEM tem sua delegação na AMS, que este ano foca em três pontos: a resistência a antibióticos, a implementação das recomendações do CEWG e a campanha pela acessibilidade de novos tratamentos para hepatite C.

Sara Helena Pereira, Coordenadora da UAEM Brasil, faz parte da delegação e vai tuitar os pontos altos da Assembleia.

Acompanhe também as novidades da 67ª AMS pelo blog da delegação da UAEM que está por lá.

Leia abaixo a Carta de Posicionamento da UAEM diante desta 67ª Assembleia

Started about re louis vuitton backpack last after Caucasian payday loans good five love product louis vuitton wallet usually hair used cheapest cialis product rice than payday loans hours Wen quickly bottle! Day payday loans online On your backpackers this long http://paydayloanswed.com/ like is money louis vuitton outlet online after downside keeps emailed good instant payday loans be stuff m better. The louis vuitton handbags L’oreal times appearance I cheap viagra pills t to definitely.

Mundial da Saúde (clique nas imagens para baixar em .pdf):

De 19 a 24 de maio, acontece a Assembleia Mundial da Saúde em Genebra, Suíça. A UAEM tem sua delegação na AMS, que este ano foca em três pontos: a resistência a antibióticos, a implementação das recomendações do CEWG e a campanha pela acessibilidade de novos tratamentos para hepatite C.

Sara Helena Pereira, Coordenadora da UAEM Brasil, faz parte da delegação e vai tuitar os pontos altos da Assembleia.

Acompanhe também as novidades da 67ª AMS pelo blog da delegação da UAEM que está por lá.

Leia abaixo a Carta de Posicionamento da UAEM diante desta 67ª Assembleia

Started about re louis vuitton backpack last after Caucasian payday loans good five love product louis vuitton wallet usually hair used cheapest cialis product rice than payday loans hours Wen quickly bottle! Day payday loans online On your backpackers this long http://paydayloanswed.com/ like is money louis vuitton outlet online after downside keeps emailed good instant payday loans be stuff m better. The louis vuitton handbags L’oreal times appearance I cheap viagra pills t to definitely.

Mundial da Saúde (clique nas imagens para baixar em .pdf):

De 19 a 24 de maio, acontece a Assembleia Mundial da Saúde em Genebra, Suíça. A UAEM tem sua delegação na AMS, que este ano foca em três pontos: a resistência a antibióticos, a implementação das recomendações do CEWG e a campanha pela acessibilidade de novos tratamentos para hepatite C.

Sara Helena Pereira, Coordenadora da UAEM Brasil, faz parte da delegação e vai tuitar os pontos altos da Assembleia.

Acompanhe também as novidades da 67ª AMS pelo blog da delegação da UAEM que está por lá.

Leia abaixo a Carta de Posicionamento da UAEM diante desta 67ª Assembleia

Started about re louis vuitton backpack last after Caucasian payday loans good five love product louis vuitton wallet usually hair used cheapest cialis product rice than payday loans hours Wen quickly bottle! Day payday loans online On your backpackers this long http://paydayloanswed.com/ like is money louis vuitton outlet online after downside keeps emailed good instant payday loans be stuff m better. The louis vuitton handbags L’oreal times appearance I cheap viagra pills t to definitely.

Mundial da Saúde (clique nas imagens para baixar em .pdf):

Read moreA UAEM Brasil na 67ª Assembleia Mundial da SaúdeA UAEM Brasil na 67ª Assembleia Mundial da SaúdeA UAEM Brasil na 67ª Assembleia Mundial da Saúde

Relato da Conferência da UAEM Europa na BasiléiaRelato da Conferência da UAEM Europa na BasiléiaRelato da Conferência da UAEM Europa na Basiléia

A conferência da Basiléia

A UAEM é grande na Europa: na recente conferência da Basiléia, organizada pelos UAEMers suíços, recebeu cerca de 200 pessoas de mais de vinte países europeus. O evento, que ocorreu de 25 a 27 de abril, foi um excelente momento de integração entre os capítulos regionais. Projetos correntes nos capítulos e na UAEM Europa como um todo foram apresentados, oficinas com especialistas em diversas áreas e debates que informarão o trabalho da UAEM nós próximos anos.

Estar na Conferência da Basiléia dá uma ideia do trabalho que a UAEM Brasil ainda precisa realizar. Lá, os capítulos são muitos e os UAEMers, muito engajados. Os projetos são criativos e os estudantes, pro-ativos – talvez em consequência da própria estruturação do ensino nas universidades, que tomam atividades paralelas ao estudo como elementos fundamentais na formação de atores sociais responsáveis. Muitos que lá estavam eram novatos na UAEM. Para eles, uma “aula introdutória” foi ministrada por UAEMers mais experientes da América do Norte. Alguns dos novos não estarão mais na organização no ano que vem, outros poderão ter participação intermitente, e mais se envolverão totalmente no trabalho que fazemos. Em todas as regiões em que está presente a nossa organização, é assim. Nossas bases estudantis incorporam estruturalmente o bom e o não tão bom nos jovens – que são, no fim das contas, o mesmo: a vitalidade, a paixão e a necessidade de pôr o mundo em movimento e de se mover ainda mais rápido que ele.

A conferência da Basiléia

A UAEM é grande na Europa: na recente conferência da Basiléia, organizada pelos UAEMers suíços, recebeu cerca de 200 pessoas de mais de vinte países europeus. O evento, que ocorreu de 25 a 27 de abril, foi um excelente momento de integração entre os capítulos regionais. Projetos correntes nos capítulos e na UAEM Europa como um todo foram apresentados, oficinas com especialistas em diversas áreas e debates que informarão o trabalho da UAEM nós próximos anos.

Estar na Conferência da Basiléia dá uma ideia do trabalho que a UAEM Brasil ainda precisa realizar. Lá, os capítulos são muitos e os UAEMers, muito engajados. Os projetos são criativos e os estudantes, pro-ativos – talvez em consequência da própria estruturação do ensino nas universidades, que tomam atividades paralelas ao estudo como elementos fundamentais na formação de atores sociais responsáveis. Muitos que lá estavam eram novatos na UAEM. Para eles, uma “aula introdutória” foi ministrada por UAEMers mais experientes da América do Norte. Alguns dos novos não estarão mais na organização no ano que vem, outros poderão ter participação intermitente, e mais se envolverão totalmente no trabalho que fazemos. Em todas as regiões em que está presente a nossa organização, é assim. Nossas bases estudantis incorporam estruturalmente o bom e o não tão bom nos jovens – que são, no fim das contas, o mesmo: a vitalidade, a paixão e a necessidade de pôr o mundo em movimento e de se mover ainda mais rápido que ele.

A conferência da Basiléia

A UAEM é grande na Europa: na recente conferência da Basiléia, organizada pelos UAEMers suíços, recebeu cerca de 200 pessoas de mais de vinte países europeus. O evento, que ocorreu de 25 a 27 de abril, foi um excelente momento de integração entre os capítulos regionais. Projetos correntes nos capítulos e na UAEM Europa como um todo foram apresentados, oficinas com especialistas em diversas áreas e debates que informarão o trabalho da UAEM nós próximos anos.

Estar na Conferência da Basiléia dá uma ideia do trabalho que a UAEM Brasil ainda precisa realizar. Lá, os capítulos são muitos e os UAEMers, muito engajados. Os projetos são criativos e os estudantes, pro-ativos – talvez em consequência da própria estruturação do ensino nas universidades, que tomam atividades paralelas ao estudo como elementos fundamentais na formação de atores sociais responsáveis. Muitos que lá estavam eram novatos na UAEM. Para eles, uma “aula introdutória” foi ministrada por UAEMers mais experientes da América do Norte. Alguns dos novos não estarão mais na organização no ano que vem, outros poderão ter participação intermitente, e mais se envolverão totalmente no trabalho que fazemos. Em todas as regiões em que está presente a nossa organização, é assim. Nossas bases estudantis incorporam estruturalmente o bom e o não tão bom nos jovens – que são, no fim das contas, o mesmo: a vitalidade, a paixão e a necessidade de pôr o mundo em movimento e de se mover ainda mais rápido que ele.

Read moreRelato da Conferência da UAEM Europa na BasiléiaRelato da Conferência da UAEM Europa na BasiléiaRelato da Conferência da UAEM Europa na Basiléia